A qualidade dos rios da Mata Atlântica melhorou com o isolamento social

Saiba a causa da melhora da qualidade dos rios da Mata Atlântica durante a pandemia

Conhecida por ser um ecossistema muito importante para a natureza do Brasil e do mundo, a Mata Atlântica reúne uma grande quantidade de diversidade ambiental, como os seus rios gigantescos que possuem vários quilômetros de distância. E durante o isolamento social feito pela população durante a pandemia, alguns destes rios localizados na Mata Atlântica apresentaram uma melhora na sua qualidade.

Respiro durante o isolamento

De grande importância para a natureza e com uma característica de grandeza territorial, a Mata Atlântica ocupa o território de 17 estados do Brasil, e possui diversos rios dentro do seu ecossistema. E foram exatamente esses rios que se beneficiaram do período da pandemia.

Segundo um relatório feito pela Fundação SOS Mata Atlântica, de 130 pontos diferentes de rios da Mata Atlântica analisados, 73,1% apresentaram qualidade regular e 10% apresentaram boa qualidade. Dados que apresentam uma melhora quando comparado com o período anterior segundo a fundação, afinal, os dados da última análise feita entre o período de março de 2020 a fevereiro de 2021, mostram que a qualidade melhorou em dez pontos, e manteve a qualidade em outros dez.

Por que a melhora?

De acordo com Gustavo Veroseni, coordenador do projeto Observando os Rios da fundação SOS Mata Atlântica, essa melhora está relacionada com a diminuição da circulação de pessoas nas ruas durante a pandemia, pois com a menor circulação de indivíduos, os lixos que eram jogados nos arredores das ruas e que iam parar nos rios, diminuíram consideravelmente.

Além disso, segundo o coordenador, a diminuição de circulação de carros também influenciou neste aumento da qualidade. Isto porque as fuligens, poluições gasosas e substâncias que são soltas pelos pneus dos carros, contribuem para a poluição dos rios e córregos da Mata Atlântica, e com a diminuição de carros nas ruas durante o período de isolamento, estes fatores poluentes diminuíram consequentemente.

Gostou do texto? Continue acessando nosso blog para ficar ligado nas informações e notícias que produzimos semanalmente a respeito do mundo ambiental.

Estamos também nas redes sociais! Siga-nos no Instagram, Linkedin e Facebook para ficar antenado nas novidades e atualizações diárias.

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *