Entenda tudo sobre os incêndios na Austrália

Austrália

Entenda tudo sobre os incêndios que aconteceram na Austrália

Os incêndios foram desastrosos. Foi a combinação de recordes de temperatura, longa seca e fortes ventos. E por incrível que pareça, os incêndios foram naturais.

Em Setembro de 2019, esse grande incêndio florestal matou ao menos 25 pessoas e quase meio bilhão de animais desde setembro de 2019. Foram 10 mil pessoas que ficaram desalojadas no sul do país para fugir do calor.

Nessa época do ano na Austrália, é comum alguns incêndios florestais no país. Mas dessa vez o incêndio parecia descontrolável, atingiu 5 dos estados australianos, entre o fim do ano e o início de 2020.

A área atingida é de 80.000 km², extensão equivalente a quase duas vezes o estado do Rio de Janeiro. A crise de incêndios na Amazônia em 2019, para efeitos de comparação, devastou cerca de 9.000 km².

Estima-se que até meio bilhão de animais podem ter morrido durante esse episódio infeliz na Austrália. Segundo a pesquisas, 2019 foi o ano mais quente no país desde o início dos registros, no início do século 20. Outros eventos climáticos acirraram a seca e o ventos que alastraram o fogo.

A crise na Austrália é diferente da onda de queimadas que atingiu a Amazônia brasileira em agosto de 2019. Aqui, o fogo foi atribuído à ação de pessoas, que queimaram a floresta para desmatamento e abertura de pastos. Lá, os incêndios são fenômenos naturais, e até agora não há registros de que tenham sido causados pela ação humana.

A Austrália é um país de dimensões continentais que fica abaixo da linha do Equador, na região da Oceania, tem clima variado ao longo do território e durante o ano.

A região Norte é tropical, o Sul é mais temperado e, entre eles, há um deserto. A área do país ainda sofre influência de dois oceanos, o Índico (à esquerda) e o Pacífico (à direita).

Por receber diferentes influências, o tempo na Austrália pode mudar muito de um ano para o outro, e isso favorece o surgimento de eventos extremos, como secas, ondas de calor, inundações e até incêndios, que são parte natural dos ecossistemas no país.

Saiba mais sobre a Brasil Coleta no nosso site, clicando aqui. Acompanhe todas as nossas notícias no nosso blog, e no nosso Facebook, LinkedIn e Instagram.

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *