O que aconteceria se os insetos desaparecerem da Terra?

insetos

O que aconteceria se todos os insetos desaparecerem da Terra?

Os insetos fazem um papel fundamental na produção de alimentos e na preservação de nosso ecossistema.

Os insetos são fundamentais para a manutenção da vida no planeta Terra. Além de serem fonte de alimentos para diversas espécies, eles fornecem outro serviço vital: a polinização. Que é essencial para a produção de alimentos.

Um estudo feito recentemente estima que, economizaríamos até R$ 1,4 trilhão em benefícios do serviço gratuito fornecido por insetos. Nós sabemos que em muitos lugares do mundo sua população de insetos, como as abelhas, está em crescente declínio. E algumas espécies de borboletas, como a borboleta monarca, também tem sua população diminuindo cada vez mais, e elas desempenham também um papel muito importante no ecossistema, fazem toda a polinização das flores.

A quantidade de insetos que temos vivos neste exato momento são de aproximadamente 17 vezes o peso dos seres humanos, cerca de 10 quintilhões. Os especialistas ainda não estão de acordo de quantos existem. Entretanto, há uma estimativa de 2 milhões a 30 milhões em todo o mundo. E atualmente conhecemos apenas 900 mil tipos de insetos.

Sobretudo, quantidade surpreendente de insetos não os livram da extinção. Algumas especies de insetos já não conseguem ter funcionalidade no ecossistema e foram declarados funcionalmente extintos.

Um estudo de 2017 revela que os insetos voadores haviam diminuído mais de 75% em quase 30 anos em 60 áreas protegidas na Alemanha. Na ilha de Porto Rico, um acadêmico dos Estados Unidos constatou uma queda drástica de 98% no número de insetos ao longo de um período de quatro décadas. Nesse ritmo, muitas espécies podem desaparecer.

Esses seres vivos vêm perdendo dia a dia mais de seu de habitat devido à agricultura intensiva. É vista como o principal fator que os prejudica. O crescente uso de pesticidas químicos, espécies invasoras e aquecimento global também estão contribuindo para o declínio do número de insetos.

Saiba mais sobre a Brasil Coleta no nosso site, clicando aqui. Acompanhe todas as nossas notícias no nosso blog, e no nosso Facebook, LinkedIn e Instagram.

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *