Efeito Estufa e Mudanças climáticas

efeito estufa

O efeito estufa é apontado como uma das principais causas das mudanças climáticas no planeta. Acompanhe o texto a seguir e saiba mais.

O que é efeito estufa?  

O efeito estufa é causado por uma série de gases que retém uma parte do calor irradiado pela Terra, Esses gases são os chamados gases de efeito estufa, compostos principalmente por gás carbônico (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O) e vapor d’água, entre outros. 

Este é um fenômeno natural, sem ele o planeta poderia se tornar muito frio, inviabilizando a sobrevivência de diversas espécies.  Porém,com o aumento exacerbado, como os que vem chamando a atenção, o aumento da temperatura pode causar diversos danos irreversíveis. 

Normalmente, parte da radiação solar que chega ao nosso planeta é refletida e retorna diretamente para o espaço e outra parte é absorvida pelos oceanos e pela superfície terrestre.

Há ainda uma parte retida por essa camada de gases, o que causa o chamado efeito estufa.  

 

Quais são os principais GEE (Gases de Efeito Estufa)?  

Os principais gases de efeito estufa são o dióxido de carbono (CO2), o metano (CH4) e o óxido nitroso (N20).  

O CO2 é o gás que tem maior contribuição para o aquecimento global, pois representa a maior parte das emissões de GEE e o seu tempo de permanência é de, no mínimo, 100 anos, resultando em impactos no clima ao longo de séculos.  

A quantidade de metano (CH4) emitida para a atmosfera é menor, mas seu potencial de aquecimento é 28 superior ao do CO2.  

A concentração de óxido nitroso (N20) também é pequena, mas o seu potencial de aquecimento é 265 vezes maior do que o CO2.

 

Quais são os países que mais emitem gases de efeito estufa?  

De acordo com o SEEG (Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa), uma iniciativa do Observatório do Clima, o Brasil ocupa o quinto lugar entre os maiores emissores de GEEs, ficando atrás apenas de China, EUA, Rússia e Índia.  

Em termos históricos, de acordo com estudo de 2021 do Carbon Brief, site do Reino Unido especializado em ciência e política de mudanças climáticas, o maior emissor é os EUA, seguido de China, Rússia, Brasil e Indonésia.

 

 

O que é aquecimento global?  

Aquecimento global é o aumento da temperatura média dos oceanos e da camada de ar próxima à superfície da Terra, que ocorre em função do aumento da concentração de gases do efeito estufa em nossa atmosfera.

 

Quais as principais consequências do aquecimento global?  

As consequências do aquecimento global são inúmeras e algumas já vem sendo notadas em diversas partes do planeta.

Os cientistas já observaram que o aumento da temperatura média do planeta tem elevado o nível do mar devido ao derretimento das calotas polares, podendo ocasionar o desaparecimento de ilhas e cidades litorâneas densamente povoadas.  

E há previsão de uma frequência maior de eventos extremos climáticos (tempestades tropicais, ondas de calor, secas, nevascas, furacões, tornados e tsunamis) com graves consequências para populações humanas e ecossistemas naturais, podendo levar à extinção da nossa rica biodiversidade de espécies de animais e de plantas.

 

O que são as mudanças climáticas?

As mudanças climáticas se referem às flutuações de longo prazo na temperatura, precipitação, vento e outros aspectos relacionados ao clima e ao tempo. A UNFCCC (sigla em inglês para United Nations Framework Convention on Climate Change e, em tradução livre, Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima) a descreve como a mudança do clima que é atribuída direta ou indiretamente à atividade humana, que altera a composição da atmosfera global, e se soma à variabilidade climática natural observada em períodos de tempo comparáveis.

 

Soluções e alternativas para combater o efeito estufa e as mudanças climáticas

Existem várias maneiras de reduzir as emissões dos gases de efeito estufa e os efeitos no aquecimento global.  

Algumas das possibilidades são: zerar o desmatamento, investir no reflorestamento e na conservação de áreas naturais, incentivar o uso de energias renováveis não convencionais (solar, eólica e biomassa), preferir utilizar biocombustíveis (etanol e biodiesel) a combustíveis fósseis (gasolina e óleo diesel), investir na redução do consumo de energia e na eficiência energética, reduzir, reaproveitar e reciclar materiais, investir em tecnologias de baixo carbono e melhorar o transporte público com baixa emissão de GEE.  

Essas medidas podem ser estabelecidas através de políticas nacionais e internacionais de clima.

 

Brasil Coleta e colaboração com o desenvolvimento sustentável

Sabemos que esse problema é resultado de um sistema complexo, como a  queima de combustíveis fósseis para produção de energia, atividades industriais, transporte, desmatamento e agropecuária. 

Além das soluções apontadas no tópico anterior, a consciência coletiva, por parte das ongs, empresas e população tem um papel fundamental para o bom desenvolvimento, economico, social e ambiental. 

 

Com a Brasil Coleta você e sua empresa colaboram com a preservação ambiental.

A indústria e empresas devem aderir a programas que incentivem o descarte correto dos resíduos, implementem a compra de materiais recicláveis, entenda mais porque esta ação é benéfica: Por que comprar materiais recicláveis – Brasil Coleta

Além do controle de fabricação alternativas biodegradáveis e quando o material for descartado que ele tenha um destino correto e possa vir a ser reciclado se tornando um novo produto.

Ao aderir este compromisso, através de nossos serviços. Sua empresa se apresenta ao mercado e ao futuro como um negócio que apoia e incentiva o desenvolvimento sustentável.

 

Veja mais em:Serviços – Brasil Coleta 

Com informações: WWF-Brasil 

Gostou do conteúdo? Continue acessando nosso 

blog  para ficar antenado nas notícias do mundo sustentável, e para ficar sempre atualizado, siga nossas redes sociais, estamos no: Instagram, FacebookLinkedIn

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.