Reciclagem de papel: Como é feita?

reciclagem de papel

Entenda como funciona a reciclagem de papel

Reciclagem de papel – Num mundo onde cada pessoa gera 1KG de lixo por dia, é preciso cada vez mais entender e promover processos que colaborem com o descarte adequado. O papel representa um volume significativo nas empresas. Fazer o descarte corretamente, entendendo seus benefícios e quais tipo de papel entram no processo, é um grande diferencial. A solução mais apropriada para esse material é a reciclagem, e explicaremos tudo sobre como ela é feita.

Quais benefícios podem ser obtidos?

É fácil afirmar que a reciclagem do papel ajuda o planeta, mas é importante entender de que forma isso acontece. A matéria prima para a produção do papel são as árvores. A reciclagem do papel reduz a decapitação de árvores; reduz a poluição do solo e dos lençóis freáticos; barateia o custo comercial do papel; e, consequentemente, diminui o volume de resíduo que é descartado.

Quais tipos de papel podem ser reciclados?

A grande parte do papel que entra para a reciclagem é composta por papéis onde nada foi impresso, papéis em branco, chamadas de “aparas”. As cores e texturas que o papel reciclado vai apresentar dependem, em grande parte, de qual papel foi recolhido para o processo de reciclagem.

Dentro da lista de papéis que podem ser reciclados entram papel tipo sulfite, caixas de papelão, envelopes, jornais, cadernos, revistas, listas telefônicas e embalagens longa vida. Porém, existem também os papéis que não são recicláveis. Papéis metalizados (como os usados para embalagens de comida), papéis plastificados (como a embalagem de produtos de limpeza, como o sabão em pó), e papéis que foram utilizados para higiene.

Como a reciclagem de papel acontece?

O papel a ser reciclado é picado, e deixado de molho durante um dia, para que amoleça. É colocado numa proporção com água dentro de um liquidificador para produzir uma espécie de polpa.

Feita duas molduras (uma telada e uma vazada), as mesmas são imersas juntas dentro de uma bacia que contém a polpa anteriormente produzida. As mesmas são suspensas horizontalmente para a polpa ter o excesso de água escorrido pela tela. A moldura vazada é retirada e a moldura telada, contendo a polpa, é colocada sobre um jornal ou pano. Depois de seco, o papel é colocado numa prensa por 8 horas. Assim, o entrelaçamento das fibras fica mais resistente.

A Brasil Coleta pode ajudar a sua empresa por meio de uma consultoria ambiental estratégica, gerenciando resíduos, fazendo coletas desses resíduos, e mais. Conheça todos os serviços no nosso site, clicando aqui.

Acompanhe todas as nossas notícias no blog (clique aqui para acessar), e no nosso FacebookLinkedIn e Instagram.

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *