Saiba tudo sobre o Coronavírus, a COVID-19

coronavírus

Saiba tudo sobre o Coronavírus, a COVID-19.

O primeiro caso registrado do coronavírus foi identificado em Wuhan, na China, no dia 31 de dezembro do último ano. Desde então, os casos começaram a se espalhar rapidamente pelo mundo: primeiro pelo continente asiático, e depois por outros países.

Em fevereiro, a transmissão da Covid-19, nome dado à doença causada pelo SARS-CoV2, no Irã e na Itália chamaram a atenção pelo crescimento rápido de novos casos e mortes, fazendo com que o Ministério da Saúde alterasse a definição de caso suspeito para incluir pacientes que estiveram em outros países. No mesmo dia, o primeiro caso do Brasil foi identificado, em São Paulo.

Em março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu o surto da doença como pandemia. Poucos dias depois, foi confirmada a primeira morte no Brasil, em São Paulo. No mesmo dia, dois pacientes que haviam testado positivo para coronavírus, do Rio de Janeiro, vieram a óbito, mas laudos das mortes ainda não foram divulgados.

Veja os números atualizados hoje, às 10h15:

  • 625 casos confirmados pelas secretarias estaduais no Brasil, em todos os estados, sendo o maior foco em São Paulo (631), seguido de Rio de Janeiro (186), Distrito Federal (134) e Ceará (125);
  • 25 mortes confirmadas no Brasil, 22 em São Paulo e três no Rio de Janeiro;
  • Mais de 354 mil casos em mais de 140 países e territórios;
  • Mais de 10 mil casos graves;
  • 367 mortes;
  • Mais de 99 mil pessoas recuperadas.
Fonte: https://pebmed.com.br/coronavirus-tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-a-nova-pandemia/
*Último balanço do Ministério da Saúde é de ontem (22) e fala em 1.546 casos.

Como é a transmissão?

As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo.

Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

Lavar as mãos por 20 segundos com água e sabão, utilizar álcool 70% para limpar as mãos e superfícies, como móveis, corrimãos, maçanetas, celulares, teclados; evitar contato próximo com pessoas que estejam tossindo ou espirrando, cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar, não tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; se tiver doente, por favor, ficar em casa e manter os ambientes bem ventilados. O uso de máscara só é necessário se a pessoas apresentar sintomas.

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais comuns são tosse seca ou com secreção e febre acima de 37ºC; já os mais graves são dificuldade respiratória aguda e insuficiência renal, algumas pessoas também apresentam dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia.

Quais são os grupos de risco?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Infectologia, os grupos de maior risco são crianças menores de 2 anos, gestantes, adultos com 60 anos ou mais. Diabéticos, hipertensos, pessoas com insuficiência renal crônica, pessoas com doença respiratória crônica também estão no grupo de risco.

Fonte: https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#transmissao

Saiba mais sobre a Brasil Coleta no nosso site, clicando aqui. Acompanhe todas as nossas notícias no nosso blog, e no nosso Facebook, LinkedIn e Instagram.

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *