Qual a importância da Mata Atlântica?

Considerada uma das regiões de maior biodiversidade do mundo, a Mata Atlântica é uma área natural muito importantes tanto para o Brasil, quanto para o resto do mundo.

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), o território da mata – que um dia já possuiu mais de 1 milhão de km², mas que hoje em dia tem aproximadamente cerca de 377 mil km² – se espalha por uma região onde mais de 145 milhões de pessoas moram. Além disso, por volta de 20 mil espécies vegetais existem no território, e 850 espécies de aves, 370 de anfíbios, 200 de répteis, 270 de mamíferos e 350 espécies de peixes habitam a região. Mas qual a sua verdadeira importância?

Mata Atlântica e suas contribuições

Muito mais do que um lugar onde milhões de pessoas vivem e milhares de espécies animais e vegetais existem, a Mata Atlântica é um ecossistema que possui um papel muito importante tanto na cadeia produtiva, quanto na área ambiental. Isso porque, aproximadamente 80% da produção econômica nacional é gerada nessa região, o que inclui diversas plantações e agropecuárias. Além disso, a mata tem inúmeras nascentes de rio que são responsáveis por levar água para cidades grandes e pequenas que abrigam milhões de pessoas.

Outros pontos em que a Mata Atlântica tem um grande peso também são a retenção de carbono e controle de clima. Áreas que possuem um grande volume de vegetação, como a Mata Atlântica, funcionam como uma grande reserva de carbono, pois, através do famoso processo de fotossíntese as árvores existentes no local absorvem gás carbônico e expelem oxigênio. Com isso, uma grande quantidade de gás fica retida nos solos e raízes dos tantos complexos naturais da mata, como manguezais, restingas, campos e ilhas oceânicas.

A Mata Atlântica ainda contribui também para a formação de nuvens de chuva através da sua umidade característica. Em um processo natural, solo, plantas e árvores retém uma grande quantidade de líquido que posteriormente acaba vazando e se espalhando pelo ar.

Medidas de conservação

Pela importância da mata, muitos projetos de conservação focados na preservação do local existem no país. O próprio Ministério do Meio Ambiente (MMA), um dos órgãos de fiscalização ambiental mais importantes do Brasil, possui vários projetos que são voltados para a conservação da Mata Atlântica. O Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica, por exemplo, é uma iniciativa realizada pelo ministério que tem o objetivo de conservar a fauna e flora da região. O programa conta com cursos de capacitação, que são destinados para as gestões municipais de conservação, fiscalizações e pesquisas preventivas para possíveis riscos climáticos.

Gostou do conteúdo? Continue acessando nosso blog, ou siga-nos nas redes sociais para acompanhar mais informativos do mundo sustentável. Estamos no Instagram, Facebook e LinkedIn.

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.