O que é Coleta Seletiva e sua importância

coleta seletiva

Coleta seletiva ou recolha seletiva é o termo utilizado para o recolhimento dos materiais que são possíveis de serem reciclados, previamente separados na fonte geradora. Dentre estes materiais recicláveis podemos citar os diversos tipos de materiais. 

 Lixo, Resíduos, Rejeitos o que os diferencia

Você já deve ter ouvido falar alguma vez sobre estes temas, pois bem, o termo “lixo” é muito difundido e popularizado, mas não é maneira correta de referir aos materiais que em teoria não tem mais utilidade. 

A coleta seletiva é um método que otimiza os processos de destinação do “lixo” que no caso são os “resíduos”, materiais descartados e passíveis de serem reciclados ou reutilizados. 

Então você pode estar se perguntando, e qual termo se refere aos resíduos que não servem mais? Esses são chamados de lixo? Não. Na verdade os materiais que depois de terem passado pelo processo de reciclagem e esgotados qualquer tipo de proveito, são chamados de “rejeito” pois não podem ser reutilizados mais e devem ser descartados de forma correta em um local apropriado. 

 

Importância 

 

A importância da coleta seletiva é justamente contribuir com a conservação do meio ambiente e o consumo sustentável, colaborando com redução dos impactos ambientais causados pelo exagero do consumo e o descarte incorreto de resíduos. 

A separação do lixo evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis, aumentando o valor agregado destes e diminuindo os custos de reciclagem. Além de proporcionar empregos e fontes de renda.

Também pode ser visto como uma questão de saúde pública, pois uma vez que estes resíduos vão para locais inadequados, podem formar focos de proliferação de mosquitos e de outros vetores de doenças. Além de outros animais peçonhentos e perigosos. 

O vento e a chuva podem transportar o descarte para mares e rios. E o lixo plástico que não passou pela coleta seletiva pode entrar para a cadeia alimentar de animais fazendo com que espécies sejam prejudicadas e até mesmo extintas.

A prática da coleta seletiva é um dos pilares da sustentabilidade.

Materiais separados por cores

Trazemos aqui os principais materiais e as cores destinadas a cada uma delas. Confira:

  • Azul – Papel/Papelão
  • Amarelo – Metal
  • Verde – Vidro
  • Vermelho – Plástico
  • Marrom – Orgânico
  • Cinza – Lixo que não será encaminhado à reciclagem
  • Preto – Madeira
  • Branco – Lixo hospitalar/ saúde
  • Laranja – Resíduos perigosos
  • Roxo – Resíduos radioativos

Temos também um texto no blog que abrange um pouco mais outras tipos, como a Coleta de resíduos contaminados

Para sua Empresa 

Segundo o Sebrae, o descarte correto dos resíduos caracteriza uma boa gestão das rotinas de uma empresa.  O que também podem constituir como um diferencial competitivo, principalmente em relação ao marketing verde tão difundido atualmente no mercado. 

Para facilitar a implantação da coleta seletiva e a gestão consciente de resíduos temos o  Gerenciamento de Resíduos – Brasil Coleta , que conta com minuciosa classificação garante destinação final segura para preservação do Meio Ambiente tornando nulo os riscos legais às empresas contratantes.

Gostou do conteúdo? Continue acessando nosso 

blog  para ficar antenado nas notícias do mundo sustentável, e para ficar sempre atualizado, siga nossas redes sociais, estamos no: Instagram, FacebookLinkedIn .

Nenhum comentário. Seja o Primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.